Skip to content

Apresentação final dos alunos do curso básico de formação para contadores de história

01/12/2010

Neste sábado à partir das 10h teremos a apresentação final dos alunos do curso básico de formação para contadores de história. É sem dúvida um momento mágico para cada contador de história que preparou com dedicação seu trabalho sob o comando dos nosso professores Lili Flor e Giba Pedroza que conseguiram conduzir este curso  com muita responsabilidade durante o ano de 2010!!!

Vamos aplaudir os alunos que se empenharam na descoberta deste mundo fascinante de contar histórias!!!

Um grande abraço e esperamos vocês aqui para prestigiarem mais uma turma de contadores de história!!!

 

Postado por: Luciana Melo

Anúncios

From → Uncategorized

3 Comentários
  1. maria de jesus permalink

    Olá Luciana:
    Parabéns pela dedicação e apoio.
    Participei do curso de formação de contadores de história e foi maravilhoso.
    Quero parabenizar aos professores Lili Flor e Giba são encantadores e acreditam que podemos ser multiplicadores da arte de contar história.

  2. homero urizzi permalink

    Soprando uma história

    Gostaria de falar um pouco sobre minha experiência no curso de formação para contadores de história na “Hans”.
    Em sua forma, o texto talvez se aproxime (vagamente) de um ensaio: breve e subjetivo.
    Em sua intenção, o texto pretende se distanciar de uma avaliação: apenas o desejo de soprar idéias e impressões que não mais cabem em si. E dó, ré, mi.
    Deixe-me soprar…

    A curiosidade – anfitriã brincalhona que nos conduz ao aprendizado – tem sua dimensão ampliada diante da descoberta de que um conto não termina quando acaba.
    A história é um agora para sempre:
    a lembrança não acontece no ontem
    a surpresa não se dá no amanhã.

    Naquilo que conto, me encontro.
    Pois,
    se conto só conta se contado com
    e por prazer,
    a história que em minha boca gesta
    muito de mim manifesta.

    Contar histórias exige, antes, a capacidade de aprender com seu próprio ofício, o que lhe permite traduzir em forma de arte a habilidade em transferir um legado sócio-cultural.
    O deslumbrado consigo mesmo, faz da história uma refém de sua vaidade.
    Nem ofício, nem arte, apenas muleta emocional.

    De uma boa história ninguém escapa.
    Neste pegador,
    o primeiro capturado é o próprio contador.
    Por sua conta ele acrescenta uma boa escuta.
    Ousadia e sutileza.
    Intuição e gentileza.
    O ardil já está montado!
    Agora, é só ficar descuidado…

    Lili Flor e Giba Pedroza formaram, assim, a brisa e o vento.
    Sopro gentil que fizeram de mim dente-de-leão em movimento.
    Grato pelo aprendizado.
    Obrigado pelo carinho.
    Ao contador um abraço apertado.
    À contadora um doce beijinho.

    Homero
    Dez/2010

  3. Ronaldo Ribeiro da Silva permalink

    Queridos companheiros
    Contadores de Histórias

    Viva! Viva! Viva… É com grande satisfação que relato a vocês, a minha primeira experiência em contar histórias fora da “Hans”. Foi simplesmente senzacional, pois estavam presentes aproximadamente 30 telespectadores e no final fui aplaudido e ouvi o seguinte comentário; “Foi uma maneira lúdica de apresentar, realmente descobri que existe uma mágia em contar história, parabéns”.
    Gostaria de agradecer a todos pela oportunidade em participar de tão grandioso curso, e desejar a todos um feliz 2011. No Poema Brasil Seja Monarca do Mundo consta:

    Oh! Meus Amigos!
    A jornada que escolhemos
    não é de sossego nem de mágoas.
    É o caminhar seguro e valente
    desfraldando a bandeira da esperança,
    do otimismo e da convicção!

    Não faz mal que seja pouco,
    o que importa é que o avanço de hoje
    seja maior que o de ontem.
    Que nossos passos de amanhã
    sejam mais largos que os de hoje.
    Que sejam humanistas de braços fortes
    em luta solidária com as pessoas deserdadas.

    Atuem agora e vivam o presente
    com a certeza de que neste exato instante
    está se erguendo o futuro.
    Deixem seus méritos gravados
    na história de suas contínuas vitórias!
    A dificuldade no momento presente
    será a glória em seu futuro!
    O desbravar do caminho do novo século
    será proporcional a sua caminhada

    (Daisaku Ikeda)

    Atenciosamente
    Ronaldo Ribeiro da Silva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: